quinta-feira, novembro 15, 2018

5 livros para se levar em um primeiro retiro espiritual



        Antes de iniciar a sua vida pública, Jesus retirou-se por 40 dias no deserto (Mt 4,2), onde jejuou e orou a Deus. A exemplo de Cristo, todo cristão é convidado a participar de um retiro, momento de restabelecer a amizade com Deus e tirar bons propósitos para sempre avançar no caminho da santidade.
Os diretores espirituais costumam recomendar livros para se ler nos períodos de recolhimento, e é importante que seja uma boa obra, isto é, que suscite temas para a oração e conversa com Deus.
Se você não tem um diretor espiritual que lhe indique um bom livro, veja aqui algumas de nossas sugestões, cuidadosamente escolhidas para que o seu primeiro retiro seja um momento de profundo e intenso trato com Deus. Todas as obras indicadas estão disponíveis para compra em nossa loja virtual (www.cultordelivros.com.br) – basta clicar na imagem de capa.


O autor desta obra, padre Francisco Faus, é muito conhecido por suas pregações didáticas e profundas. No livro “Para estar com Deus”, Faus dá conselhos práticos (orações, terço, dicas de exame de consciência, maneira adequada de se fazer uma Confissão, leitura do Evangelho) ao leitor que deseja aprimorar sua vida espiritual e estar sempre na presença de Deus.
Veja a proposta do autor no seguinte trecho:

“Este livro foi escrito com a esperança de ajudar o leitor a estar com Deus, a estar habitualmente com Ele, realizando assim o desejo de Jesus: Permanecei no meu amor (Jo 9,9). Não se trata de uma coleção de aulas teóricas – embora tenham sempre presente a doutrina católica –, mas de experiências, sugestões concretas para ir alcançando a vida interior (tão necessária a todos nós, excessivamente presos às coisas exteriores!), a fim de que, tendo Deus bem no íntimo da alma, possamos ser portadores de Deus, outros Cristos – assim se chamavam os primeiros cristãos –, e levar a luz, o calor e a paz de Deus ao próximo e à sociedade em que vivemos.”

Você é uma alma de boa vontade? Neste pequeno livro, Joseph Schrijvers (1876-1945), o redentorista belga, traz breves textos meditativos sobre como ser generoso com Deus e, assim, corresponder à Sua generosidade.
Leia um trecho do livro:

“Amar contemplando, trabalhando e sofrendo, eis o segredo da alma de boa vontade. Cada voo a eleva mais alto na sua ascensão para Deus, transporta-a para mais longe na sua imensidade, aproxima-a do foco da luz. As páginas seguintes terão por fim explicar às almas de boa vontade a maneira de amar a Deus dessa forma – na oração, na ação e no sofrimento –, em tudo e sempre.”

Outro livro de Joseph Schrijvers (1876-1945), um clássico que aborda a plena e verdadeira confiança do homem em seu Criador. Schrijvers trata dos princípios, das práticas e das consequências do ato de abandonar-se em Deus, e termina com o exemplo máximo deste tipo de entrega: Nossa Senhora com o seu “fiat”, isto é, “Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a Tua palavra.” (Lc 1:38)
Leia um trecho:

“Dar-se a Deus conforme o plano por Ele mesmo estabelecido é, pois, o fim do homem, é a primeira e a última das suas obrigações, aquela que abrange todas as outras (...) Como é de lastimar todo aquele que se recusa a obedecer a Deus! Condena-se à confusão, ao desgosto, ao infortúnio. A desordem não pode gerar a paz. (...)“O dom de si é um ato da vontade livre. É um impulso do coração que a leva a submeter-se completamente a Jesus Cristo.”


A vida de hoje é acelerada, com tribulações, mas Jesus deu uma boa dica aos cristãos para não perderem a paz no presente: “Basta a cada dia o seu cuidado” (Mt 6,34), isto é, sem ocupar-se ansiosamente com o futuro, e viver integralmente o hoje. Neste livro, o bispo emérito da diocese de Nova Friburgo-RJ, Dom Rafael Llano Cifuentes (1933-2017), convida o leitor a refletir maneiras de transformar as contradições do cotidiano em momentos de oração e diálogo com Deus. E para isso se utiliza de histórias que ouviu como confessor, e trechos de autores como Santo Agostinho, Antonin-Gilbert Sertillanges e Gustave Thibon.
Apesar de ser um livro extenso, é possível ler partes em separado, e assim o leitor terá diversos temas para suas reflexões. Leia um trecho:

“Você já andou pela Avenida Rio Branco no Rio de Janeiro, ou pela Praça da Sé em São Paulo, num dia de trabalho? O que você observa? Pessoas tensas, concentradas, nervosas, apressadas, inquietas. (...) Em alguns momentos, penso: se os rostos revelam essa ansiedade, esse nervosismo, o que não revelará a alma? (...)O recolhimento e o silêncio interior são fundamentais para se conseguir o equilíbrio e a harmonia, frutos da plenitude. Há, hoje, muitas pessoas que vivem divorciadas de si mesmas, porque não fazem silêncio em si mesmas. Não ouvem o que há de mais essencial, porque o ruído as impede de ouvir a voz do seu mundo interior ou a voz de Deus.”


São Francisco de Sales tinha este livro na cabeceira de sua cama. O combate espiritual, do sacerdote italiano Lorenzo Scupoli (1530-1610), é um manual com palavras diretas para os que aspiram alcançar a perfeição na vida espiritual por meio de uma estratégia: combatendo a si mesmo. Os capítulos são curtos e, por isso, é a obra ideal para ser levada em um retiro.

“Então, minha filha, se aspiras não somente à santidade, mas à perfeição da santidade, deves agir com grande violência contra ti mesma, para que possas lutar generosamente e anular os próprios desejos. Mas eu garanto que, sendo esta guerra a mais difícil de todas (já que nós mesmos é que somos combatidos), também a vitória é a mais agradável a Deus e a mais gloriosa ao vencedor.”

        E não se preocupe em ler todos livros de uma só vez! Escolha somente um. Aqueles que ficarem de fora poderão servir como leitura espiritual e auxiliar na constância dos propósitos que você elaborou em seu recolhimento.
E se você já leu algum destes livros, comente conosco de que maneira a leitura foi um instrumento para os seus exercícios espirituais.
Também queremos saber: quais são os livros TOP-5 do Cultor para você?
O próximo post no blog do Cultor terá indicações de leituras para quem já fez um retiro. Aguarde!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...