segunda-feira, junho 12, 2017

9 filmes recomendados para o dia dos namorados



Para este dia dos namorados, apresentamos a lista de filmes sugerida pelo casal Alfonso Basallo e Teresa Díez, autores da obra “Um pijama para dois”. Casados há quase trinta anos e pais de oito filhos, o casal espanhol fala em seu livro sobre o matrimônio a admirável loucura da entrega total por amor.

FILMES RECOMENDADOS

Como era verde o meu vale (1942), de John Ford. Com Maureen O’Hara.
Não se vai a parte alguma sem a família, como esta joia do
cinema demonstra.

O poder da mulher (1951), de William Wellman. Com Robert Taylor.
Sob a capa do faroeste, um canto terno e delicado à mulher.

Depois do vendaval (1952), de John Ford. Com John Wayne e
Maureen O’Hara.
Uma verdadeira mina de ideias sobre a masculinidade e a feminilidade,
bem como sobre a renúncia e a compreensão.

Tarde demais para esquecer (1957), de Leo McCarey. Com Cary
Grant e Deborah Kerr.
Não há terapia mais eficaz que o amor. Neste caso, a fé também está
muito presente.

Espártaco (1960), de Stanley Kubrick. Com Kirk Douglas
e Jean Simmons.
Uma superprodução sobre a Roma antiga com um tesouro dentro:
uma surpreendente história de amor.

Paris, Texas (1984), de Wim Wenders. Com Nastassja Kinski.
Duro e impiedoso retrato da importância crucial na comunicação
no casamento.

A festa de Babette (1987), de Gabriel Axel. Com Stephane Audran.
Não é possível expressar melhor a capacidade do amor-dom
de mudar o mundo.

A época da inocência (1993), de Martin Scorsese. Com Daniel Day-
Lewis e Michelle Pfeiffer.
O lar é o motor mais potente da história. E a mulher, a rainha desse
território. Impressionante.

Casomai (2002), de Alessandro D’Alatri. Com Fabio Vollo.
Embora as situações apresentadas sejam um tanto extremas, o filme
reflete muito bem os perigos que cercam um casamento recente. E

oferece soluções valiosas.

Por Alfonso Basallo e Teresa Díez, “Um pijama para dois”, p. 217-218.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...